Em parceria com a Fundação de Serralves, a Noite Europeia dos Investigadores esteve presente na Festa do Outono nos dias 23 e 24 de setembro! Tivemos atividades científicas para todas as idades e demos a conhecer aquilo que foi a experiência da Ciência à moda do Norte, no dia 29!

+Mais informação

Atividades Mundo Científico em Serralves

No mundo dos pequenos seres

No mundo dos pequenos seres, os líquenes e musgos são quase mágicos. Ora são algas, ora são fungos, ora são plantas, mas sem raízes ou folhas. Estas pequenas sentinelas são verdadeiros cientistas do ambiente, anunciando a saúde da nossa atmosfera.

O que guardam de tão especial para reagir à poluição? Com microscópios e lupas, nada como observar!

No trilho de naturalistas

Um Naturalista e? um estudioso, um curioso, um apaixonado pelo mundo natural. A ciência está repleta de grandes naturalistas, cujas explorações nos chegam através de histórias bem guardadas em vitrinas, caixotes, cadernos e envelopes.
Vamos guardar numa caixinha todo este mundo imaginário das histórias botânicas e dos animais escondidos. Uma rocha, uma folha, uma amostra de água…O que guardarei na caixinha?

Quanto CO2 guardam as árvores do meu jardim?

Cada árvore de um jardim, de um parque, ou de um pátio de uma Escola, é um guardador de dióxido de carbono (CO2), impedindo-o de se libertar para a atmosfera. São, por isso, consideradas as guardiãs do clima no nosso planeta. Sabes quanto CO2 guardam as árvores do teu jardim? Vamos calcular!

Comida do Futuro

Já pensaste em tudo o que é necessário para produzir cada peça de roupa ou cada alimento que tens em casa? Se o Ambiente tivesse uma moeda e conseguíssemos traduzir todos os pequenos passos em valor, ficarias espantado com a pegada ecológica dos nossos hábitos diários.
Grilos, microalgas, tremoço e alfarroba – conseguirás imaginá-los em petiscos saborosos?

Estações do ano

As estações do ano são um apelo ao despertar dos sentidos. Como percecionamos o passar do tempo? As noites frescas, os dias mais pequenos, as mudanças de cor na paisagem, o adormecer lento do turbilhão de vida no Parque…
Conseguiremos desvendar por que ocorrem as estações do ano, os equinócios e os solstícios? Ou por que começam as folhas a revelar cores escondidas quando chegam os dias mais pequenos?

Frutos do Outono

No outono as árvores preenchem-se com uma variedade de frutos que polvilham os sabores do nosso imaginário, através das compotas, geleias e licores caseiros. A representação quase científica dos quadros de naturezas mortas revela, com grande precisão, a biodiversidade de uma época nas suas fantásticas tonalidades amarelas, vermelhas e laranja. Vamos desmontar essas composições, analisando os tipos de frutos e os seus ciclos de vida.